Nova Síntese: Textos e Contextos do Neo-Realismo Nº6

Nº 6: Manuel da Fonseca
Coordinator:
Carina Infante do Carmo e Violante F. Magalhães
Publisher: Colibri
Year: 2012

(…) a direcção da revista Nova Síntese – Textos e Contextos do Neo-Realismo decidiu reservar o presente número para reunir textos apresentados no Congresso [“Manuel da Fonseca – Por todas as Estradas do Mundo”, 7-9 Outubro de 2011] por distintos especialistas. Manuel da Fonseca interpela os leitores contemporâneos à leitura e ao estudo da sua escrita, em diálogo com outras artes (cinema, artes plásticas, …), com a literatura portuguesa e estrangeira do seu tempo e com a tradição literária. Assim o plasmaram de forma singular as conferências e comunicações que aqui reunimos. Acreditamos que, com estes textos, se renovam e enriquecem as leituras críticas sobre a obra, em prosa e poesia, de Manuel da Fonseca.

CONTENTS

 1. MANUEL DA FONSECA POR TODAS AS ESTRADAS DO MUNDO

Nota Introdutória

  • As raízes do lugar, a memória e a errância na obra de Manuel da Fonseca, por Vítor Viçoso
  • A voz transgressiva na poesia de Manuel da Fonseca, por Manuel G. Simões
  • A obra poética de Manuel da Fonseca no contexto da poesia novecentista portuguesa: achegas para a sua compreensão, por Fernando J. B. Martinho
  • A poesia de Manuel da Fonseca e o Alentejo, por Manuel Gusmão
  • Leituras do Neo-Realismo: Planície e Aldeia Nova, por Fernando Guimarães
  • Na justa proporção: brevidade e intensidade na contística de Manuel da Fonseca, por Cristina Almeida Ribeiro
  • “Um Anjo no Trapézio” de Manuel da Fonseca – um filme “literário” em 19 sequências, por Mário Jorge Torres
  • Manuel da Fonseca e a escrita da violência, por Carina Infante do Carmo
  • “Bichos no fojo”, sob a “luz do sol” em “campos abertos de espanto e sonho”: imagens de aprisionamento e de ruptura na obra de Manuel da Fonseca, por Michele Dull Sampaio Beraldo Matter
  • A maltesia na ficção de Manuel da Fonseca, por Maria da Glória Alhinho dos Santos
  • Manuel da Fonseca, leitor de Fialho de Almeida: metamorfoses de grotesco em Seara de Vento, por Isabel Cristina Mateus
  • Ressonâncias lorquianas na poesia de Manuel da Fonseca e Miguel Torga, por Dora Gago
  • Manuel da Fonseca e o Neo-Realismo italiano (Cerromaior, Fontamara e outros romances rurais italianos dos anos 30 e 40), por José Manuel de Vasconcelos
  • Escritor, argumentista e actor: Manuel da Fonseca e os ventos do cinema, por David Santos
  • A visualidade em Manuel da Fonseca: um diálogo entre narratividade imagética e representação plástica, por Luísa Duarte Santos
  • A experiência neo-realista do tempo histórico e o exercício pessoal da memória na poesia de Manuel da Fonseca, por João Laranjeira Henriques
  • Manuel da Fonseca: um intelectual comunista?, por João Madeira

2. SOBRE LIVROS APRESENTADOS EM SESSÕES ORGANIZADAS PELA ASSOCIAÇÃO PROMOTORA DO MUSEU DO NEO-REALISMO

  • Poesia do Socialismo Português, de Sílvio Castro, por Manuel G. Simões
  • Poesia Socialista: Quando a Palavra Cantante Ilumina o Homem e o Seu Destino, por José Jorge Letria
  • Para a edição portuguesa do livro: García Lorca e Manuel da Fonseca: Dois Poetas em Confronto, de Manuel G. Simões, por António Gomes Marquesr
  • A Narrativa no Movimento Neo-Realista – As Vozes Sociais e os Universos da Ficção, de Vítor Viçoso

3. ACTIVIDADES DA ASSOCIAÇÃO PROMOTORA DO MUSEU DO NEO-REALISMO (2010)